Cursos PRONATEC – Inscrição 2016 e Informações

O objetivo do PRONATEC é ampliar a oferta de vagas nos cursos de educação profissional e tecnológica.

PRONATEC Cursos e Inscrições 2016

pronatec

Criado pelo governo federal em 2011, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – PRONATEC – tem como objetivos expandir e interiorizar o ensino médio profissionalizante.

Para tanto, os recursos do programa são investidos na construção e ampliação de escolas das redes federal e estaduais e do sistema “S”, melhorar a qualidade dos recursos pedagógicos e aumentar as oportunidades educacionais, através de cursos de educação inicial e continuada e de qualificação profissional.

Para atingir estes objetivos, o PRONATEC pretende expandir a rede federal. Atualmente, são 354 unidades, distribuídas em todos os Estados do país, que oferecem desde os cursos de educação inicial até programas de pós-graduação. O Ministério da Educação (MEC) pretende construir mais 208 novas escolas até 2014, com um total de 600 mil vagas.

O Programa Brasil Profissionalizado destina-se à celebração de convênios com as secretarias estaduais de educação para ampliar escolas técnicas já existentes e implantar cursos profissionalizantes nas escolas regulares, equipando-as com laboratórios e bibliotecas.

PRONATEC Senai e SENAC

Também faz parte do PRONATEC a Rede E-TEC Brasil, que oferece os cursos das escolas federais e do Sistema “S” (os serviços nacionais de aprendizagem industrial, comercial, rural e do transporte – SENAI, SENAC, SENAR e SENAT) na modalidade semipresencial, com a maioria das atividades realizadas pela internet.

Escolas vinculadas a sindicatos, cooperativas e organizações não governamentais também podem aderir à Rede E-TEC. Um acordo entre o governo federal e SESC/SENAC e SESI/SENAI prevê o aumento progressivo da oferta de vagas gratuitas, com a aplicação dos recursos recebidos através das contribuições compulsórias pagas pelas empresas.

O PRONATEC tem ainda o FIES Técnico – Programa de Financiamento Estudantil, destinado ao pagamento de matrículas e mensalidades de cursos técnicos em escolas particulares.

O FIES Técnico pode ser contratado individualmente ou por empresas que queiram qualificar seu pessoal. Através de convênios, as aulas podem ser ministradas no próprio local de trabalho.

Para participar do PRONATEC, o requisito mínimo é a conclusão do ensino fundamental. Os demais critérios variam de acordo com o curso escolhido: cada escola tem seus próprios critérios, tais como receber alunos apenas no 2º ano do ensino médio ou com a educação básica já concluída. Já para os cursos de educação inicial e continuada (cursos rápidos para qualificação de mão de obra), as exigências são bem menores; em alguns casos, basta apenas saber ler e escrever. O programa exige duração mínima de dois meses para estes cursos livres.

Além da gratuidade, diversas escolas participantes do PRONATEC oferecem auxílio financeiro para alimentação e transporte. Cada instituição tem critérios próprios para conceder este benefício: em geral, ele é destinado a jovens carentes, cuja renda familiar mensal não ultrapasse dois salários mínimos federais.

Todas as informações sobre o PRONATEC podem ser obtidas no site www.pronatec.mec.gov.br.

    1. sandra helena 18/10/2013
    2. Luana Francelina de Carvalho 01/04/2014
      • carlos alberto lino dos santos 19/01/2016

    Add Your Comment